Harmonização de benefícios internacionais para aumentar o ROI e o engajamento 

A businessman with smartphone standing against night London view panorama.
Centralizar os benefícios globais poderá reduzir custos e melhorar a experiência dos colaboradores.

Em um cenário de trabalho cada vez mais internacional, os benefícios e a remuneração precisam ser harmonizados para criar uma experiência de colaborador globalmente consistente. Somente então, os colaboradores, compartilhando competências e experiência além das fronteiras, se sentirão igualmente engajados e conectados, independentemente de onde moram.

Ao mesmo tempo, harmonizar os benefícios globais dos colaboradores também cria oportunidades para métricas comparáveis de custo e aceitação entre os países. Isso significa que os benefícios internacionais podem ser analisados para calcular o ROI, identificar o que está e o que não está funcionando e equilibrar o investimento com as necessidades dos colaboradores.

Esses insights podem ser usados para fundamentar a estratégia global de benefícios e compartilhar as melhores práticas entre os países. Como os benefícios internacionais representam pelo menos um quinto do salário dos colaboradores, isso pode ajudar a reduzir os custos para 42% dos empregadores. Não é nenhuma surpresa que quase 44% das multinacionais planejam centralizar totalmente as operações de RH no próximo ano.

Benefícios internacionais globalmente consistentes

Devido à natureza complexa dos benefícios globais, muitas vezes é difícil oferecer uma experiência consistente aos colaboradores em todos os mercados. As nuances locais, a legislação e os relacionamentos com fornecedores precisam ser considerados para obter benefícios certos em qualquer país.

A complexidade resultante é frequentemente uma barreira para oferecer uma experiência de benefícios internacionais consistente. Os benefícios internacionais devem ser globalmente consistentes e relevantes em nível local, e obter o equilíbrio certo é fundamental para o sucesso. Isso pode ser alcançado criando uma proposta abrangente de valor para os colaboradores (employee value proposition, EVP) para diferenciar sua oferta global de benefícios. Isso dá a todos os colaboradores um senso compartilhado de conexão e apoio quando se trata de qualquer coisa, desde equilíbrio entre vida pessoal e profissional até bem-estar.

Os sistemas de tecnologia compartilhada também trazem todas as regiões para a mesma página, com uma visão holística acessível dos benefícios e remuneração internacionais. Isso torna mais fácil para as equipes de RH alcançar todos os colaboradores e ajudar todos a se envolverem com seus benefícios e avaliar novas ofertas.

Benefícios internacionais para o indivíduo

Alcançar uma experiência de colaborador globalmente consistente agora é uma “alta prioridade” para 81% das equipes de RH, de acordo com nossa pesquisa mais recente. Os empregadores estão analisando como criar não apenas experiências de colaboradores globalmente consistentes, mas também experiências consistentes com o país, pois algumas pessoas optam por continuar trabalhando remotamente e outras para retornar ao escritório.

Essas novas formas de trabalhar adicionaram outra camada de complexidade quando se trata de harmonizar os benefícios internacionais. As equipes de RH precisam considerar as necessidades de diferentes indivíduos para personalizar os benefícios além do que as pessoas em Londres ou Nova York poderiam precisar.

Novamente, plataformas de recompensa inteligentes podem ajudar, permitindo que os colaboradores acessem benefícios flexíveis, dependendo de suas necessidades específicas. Isso permite que os colaboradores escolham quais benefícios escolher, sejam equipamentos de exercícios em casa, planos de saúde ou suporte com cuidados infantis ou para idosos.

Permitir que as pessoas escolham entre os benefícios internacionais reduz o desperdício em benefícios subutilizados e melhora a experiência do colaborador. Também permite que os empregadores respondam rapidamente aos requisitos emergentes. Por exemplo, oferecendo automaticamente a um colaborador acesso a benefícios de maternidade ou paternidade assim que ele iniciar uma família. Isso cria uma experiência mais personalizada e envolvente para os colaboradores.

Três maneiras de harmonizar os benefícios internacionais

  1. Criar uma estratégia global abrangente de benefícios
    Comece analisando com atenção a experiência do colaborador que você proporciona e perguntando se ela é adequada para o propósito. O que os colaboradores querem e precisam, quais são os riscos que as pessoas correm para gerar custos e ausências? O que deverá ser feito para atrair e reter os talentos necessários para o futuro?
  2. Use insights orientados por dados para aumentar o ROI
    Dados globais consistentes de benefícios de colaboradores permitem que você compare as métricas dos benefícios internacionais. Isso fornece analytics valiosas sobre o retorno do investimento para cada benefício, em cada região, para ajudar a identificar onde fazer ajustes.
  3. Personalize os benefícios globais para cada colaborador
    Em vez de oferecer benefícios internacionais de tamanho único, permita que os colaboradores escolham entre uma variedade de benefícios, de acordo com suas necessidades exclusivas. Isso permite que os colaboradores personalizem sua experiência e reduzam o desperdício de gastos com benefícios subutilizados.
Organizações, equipes de RH e os benefícios dos colaboradores oferecidos foram repetidamente testados em nosso mundo de trabalho em evolução. Como resultado, os benefícios e a tecnologia usada para entregá-los impulsionaram a agenda corporativa. Veja detalhadamente o impacto que isso teve sobre as tendências tecnológicas e de benefícios.
Tópicos relacionados
Soluções relacionadas
    Insights relacionados